Estado de Goiás

Apresentação  

A assistência estudantil na Universidade Estadual de Goiás é vista como um conjunto de princípios, objetivos e desafios a serem superados cotidianamente. Historicamente a UEG possui problemas para implementação de políticas efetivas de assistência a discentes. Problemas estes, que tem sido superados com o decorrer do tempo, e que cujas soluções, apontam para uma consolidação de iniciativas já existentes, e a evolução de outras iniciativas, que tendem a transformar os anseios da comunidade acadêmica em realidade. No que diz respeito a ações afirmativas de atendimento a discentes, o sistema de cotas, que permite o ingresso de 45% de estudantes de escolas públicas, negros, indígenas e pessoas com deficiência já é realidade desde 2005. Também é realidade o programa próprio de bolsas, em exercício desde 2013, e que em 2014 se desdobrou em um orçamento de 2 milhões de reais divididos entre as várias modalidades de bolsas como extensão, pesquisa, permanência, monitoria, desenvolvimento institucional, iniciação científica e iniciação à docência.

No nível estratégico institucional, o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI-2010.2019) aponta como objetivo macro da instituição a construção de casas de estudantes, restaurantes universitários, centros de convivência; e o fortalecimento das entidades estudantis, o que demonstra as intenções da comunidade acadêmica em relação aos assuntos estudantis.

Organização

 

O órgão responsável pela gestão da Assistência Estudantil na Universidade Estadual de Goiás é a Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis, por meio da Gerência de Assuntos Estudantis e Egressos.

A Gerência de Assuntos Estudantis e Egressos tem, sobretudo, a responsabilidade do acompanhamento e desenvolvimento de ações voltadas para a política de atendimento a discentes e egressos da instituição.

Há também grandes possibilidades no interlocução entre acadêmicos e o mundo trabalho, a partir de ações visem o relacionamento profissional entre discentes e egressos, universidade e eixo produtivo, trazendo dessa interação elementos que auxiliem na formação do acadêmico para um egresso melhor preparado, e a visão de uma instituição presente em todas as dimensões da sociedade.

Ao vislumbrarmos tais características, recorremo-nos ao plano de desenvolvimento institucional da Universidade Estadual de Goiás, que reitera que “a participação dos estudantes é um dos pilares das ações que viabiliza, a extensão como momento da prática profissional, da consciência social e do compromisso político”, e traz como políticas de extensão, dentre outras, b) o fortalecimento da política de assistência ao estudante, através do apoio pedagógico, pscipedagógico e financeiro; g) buscar parcerias com órgãos governamentais, instituições da sociedade civil, agências de fomento e empresas públicas; e h) acompanhar e aparar a inserção de cotistas (acadêmicos em condições de vulnerabilidade socioeconômica) dando-lhes apoio e oportunidade de permanência na universidade.

 

Responsabilidades:

 

Responder em nível macro as expectativas desta Pró-Reitoria para a elaboração, análise e aplicação de políticas estudantis da Universidade Estadual de Goiás.

Elaborar e acompanhar projetos de interesse da PrE no tocante aos assuntos estudantis e egressos.

Supervisionar as atividades extensionistas que envolvam discentes e egressos da UEG.

Estruturar, acompanhar e avaliar as atividades de Assuntos Estudantis identificando suas deficiências e propondo ações a fim de corrigi-las;

Estimular a participação da comunidade acadêmica nas eleições para escolha de seus representantes - Reitor, Diretor, Coordenadores, Representantes Estudantis e de seus representantes nos conselhos e câmaras;

Gerenciar a criação mecanismos de atendimento aos acadêmicos, para a promoção do suporte pedagógico, psicológico e profissional em consonância com as políticas de extensão da universidade.

Promover incentivo à inovação e ao empreendimento, estimulando criação e consolidação de Empresas Juniores provenientes das unidades universitárias, em parceria com o Programa de Incubadoras– PROIN e a Gerência de Extensão.

Elaborar seu plano anual de trabalho e execução a política de apoio ao estudante e egresso.

Promover o relacionamento e a articulação entre os discentes e administração superior da UEG;

Buscar a participação do acadêmico de forma efetiva, comprometendo-o a cumprir carga hora em contrapartida aos benefícios recebidos;

Manter vínculo com aluno egresso no sentido de incentivá-lo a pesquisa e prosseguimento nos estudos envolvendo-o em futuros projetos de Extensão;

Acompanhar e avaliar a execução de todos os projetos aprovados pela câmara de Extensão, vinculados a coordenação de Assuntos Estudantis;

Ampliar o intercâmbio entre a sociedade e a PrE;

Implantar, supervisionar e acompanhar as atividades de extensão para;

Analisar os projetos relacionados a essa gerência como: ajuda de custo, solicitação de bolsas e pedidos de isenção.

Criar um setor de assistência permanente ao acadêmico da UEG em todos os níveis sociais;

Dar uma assistência permanente ao acadêmico das Unidades e Pólos, fazendo visitas IN LOCU, periodicamente em nome da PrE.

 

BR 153 Quadra Área, Km 99, Anápolis-Goiás